quarta-feira, 11 de março de 2009

Respiro o teu corpo


Respiro o teu corpo:

sabe a lua-de-água

ao amanhecer,

sabe a cal molhada,

sabe a luz mordida,

sabe a brisa nua,


ao sangue dos rios,

sabe a rosa louca,

ao cair da noite

sabe a pedra amarga,

sabe à minha boca.

.


Eugénio de Andrade

***

2 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Hoje estou como beija-flor procurando inspiração nos jardins dos amigos e voltando cada vez mais maravilhado e feliz. Desejo uma linda quinta-feira.

DOCETERE disse...

pARA CARLOS, QUINTA FEIRA MARAVILHOSA NESSE CONTINUAR DE FELICIDADE.

CONTINUE ASSIM EM BELEZA E LEVEZA DEBEIJA FlOR.