segunda-feira, 2 de março de 2009

SER BABE

"Acordar e ver como está o tempo; respirar e sentir o cheiro a ar puro; abrir a porta e desejar a extinção das moscas; olhar para o chão e ver uma bosta de vaca; estar a varrer as escadas e alguém perguntar “Então que andas a fazer?”.Poder andar no meio da rua, dizer bom dia a toda a gente por quem se passa; dizerem-te no mesmo dia “estás mais magra” e “estás mais gorda”; falar alto e conhecer os primos segundos, terceiros, quartos, quintos…Chegar a casa e a bosta ter as marcas de um pneu que a espalhou pelo chão; fazer lume, assar carne e cozer batatas.Andar ao fresco quando a noite é bonita; ter uma mãe que sussurra, mas alto e toda a gente ouve.Ter chouriço e salpicão sempre à espera de serem comidos com um cibo de pão; ter GNR’s na família; ter uma tia ou avó que usa lenço, xaile e se veste de preto e que também é hipocondríaca.Vestir roupa bonita ao Domingo ir de manhã à missa e não passar a tarde em casa; gostar de música pimba; ter família no estrangeiro, no Porto e em Lisboa que vem ao Natal, à Páscoa e em Agosto.
E se no fim de lerem isto pensarem “Bô mas isto é Babe”, então eu fiz um bom trabalho."
INÊS

5 comentários:

Gracilene Pinto disse...

Mité,
se isto é Babe, eu também quero ir a Babe... e quero ser adotada por lá... lendo teu texto fiquei até emocionada... nem sei mais o que é São Vicente e o que é Babe... é tudo tão igual... cheguei a sentir o cheiro de bosta de boi, a ver a gente visitando os parentes, e o povo falando alto, dizendo "como estás gorda" ou "magra"... até parece que estás falando da minha São Vicente.

DOCETERE disse...

Obrigada Gracilene pelo comentário mas o texto não é da minha autoria mas da Jovem Inês Fernandes que também me cedeu as fotos da noite de Carnaval.

Bjs para ela e para ti

E de Babe já te podes sentir adoptada...basta aprenderes a dizer BÕOOOOOOOOOOOO!

Friend's Garden disse...

bôooooooo

com certeza fizeste um bom trabalho:)

não vivenciei tudo isso
mas não há dúvidas de que se eu ficasse mais tempo lá, com certeza, era tudo isso que veria:)

parabens Inês
parabens taramzita
beijos:)

DOCETERE disse...

Obrigada amigas brasukinhas: Gracilene ( brasuguesa e Florita brasuka..acho com vontade de ser portuguesa!!!)

E acredita, Flor que se ficavas lá mais tempo não tiravas apenas foto com seu Ramiro mas que pisavas tb as ditas bostas...

Gracilene está adotada há uns tempos...tu há anos.

Inês, jovem observadora e autora do texto é da terra, apesar de viver no Grande Porto...mas que adora BABE, "acho eu de que"!!!

Beijokas para as três...

Gracilene Pinto disse...

Meninas,
Ai, que sinto-me em casa noi meio de vocês!
Parabéns, Inês! Teu texto mexeu com a minha sensibilidade...
Flor, tô com umas invejazinha (no bom sentido) de ti, pq já vistes tudo isso aí de perto...
Sabes que aqui em São Luís há quem zombe de mim por eu dizer que gosto do cheiro das bostas de vaca? rsrs
Beijos e um grande Bôooooooooo a todas 4: MIté, Zira, Flor e Inês. rsrsrsrsrs

Gracilene