segunda-feira, 1 de junho de 2009

Para as crianças ou quem tenha espírito das mesmas

Com doce carinho e muito miminho.

2 comentários:

(Carlos Soares) disse...

Que gracinha! Muto bo mrecordar a meninice. Por coincidência ,escrevi algo preocupado e revoltado com situação de nossa crianças. Belo poema. beijos

TERE disse...

De facto Carlos a situação da maioria das nossas crianças merece ser escrita, denunciada...a minha meninice foi há nos anos sessenta muma aldeia trasmontana portuguesa... como ali foi feliz Maria Teresa, apesar da pobreza material...não faltavam os afectos, a comida na mesa fruto do trabalho de meus/nossos pais...havia identidade, colinho!!!