quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Folhas

Muitas  folhas das árvores caíram
varridas foram  e, juntinhas ficaram .
Ainda bem que o vento não voltou
para do monte asespalhar
Pois ali devem permanecer à espera de Mai
Que muito  mais tem de escrever...sobre folhas e mais folhas
..e muito mais!!!
Pois as folhas de Mai não são da natureza
São muito intelectuais...rssss;)

3 comentários:

Mai disse...

A fotografia ficou bonita, Mité e estas são folhas de plátano, não?
São as folhas amarelas do teu outono quase inverno.

Então folhas de plátano fazem o mesmo barulho que as folhas que eu amontoei.

Eu sempre te agradeço,

carinho,

um bom Natal

TERE disse...

De plátano, sim... dum jardim de Gaia...já que outras folhas, de fantasia ou de escrita andam um pouco afastadas..as que deviam fazer multidão estão longe de minha emoção...eu amontoo mas nao consigo dismistificar em palavras lindas de arquétipos como os teus...

Beijos meus.

Natal tb feliz

TERE disse...

Tb tenho das outras folhas, acumuladas...notícias de décadas ...jornais e revistas que só não sãoo toneladas pq tenho de me ir desfazendo delas...por falta de espaço...mas algumas permanecem desde há décadas sem fim.