segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

De José Régio

RI PALHAÇO

No circo cheio de luzhá tanto que ver!...
Senhores!-
grita o palhaço da entrada
todo listado de cores-
Entrai, que não custa nada!
À saída é que se paga.
Ri, palhaço!
O palhaço entrou em cena
ri, cabriola, rebola,
pega fogo à multidão.
Ri, palhaço!
Corpo de borracha
e açorebola como uma bola,
tem dentro não sei que mola
que pincha, emperra, uiva, guincha, zune, faz rir!
Ri, palhaço!
---
José Régio

Sem comentários: