quinta-feira, 27 de maio de 2010

A Caminho de Cabo Verde

  1. Rumo a Cabo Verde, para emprego previsto pelo menos para 9 meses, partiu já, um tanto em contradição com ele próprio um dos meus rapazes...Dia de tristeza pela distância criada,quando por cá era suporte psicológico e tinha a sua vida pensada mas não emprego...o que pouco admira, na maré em que mergulhou esta País.
  2. Ai coração de mãe!!!

2 comentários:

JOE ANT disse...

As minhas sinceras venturas e felicidades para o Pedro.
Espero que tudo corra pelo melhor.
...
Só espero que ele não venha a sofrer do mal do
"africanismo": Uma vez lavados "os ditos cujos" naquelas àguas, só se pensa em ficar, ou voltar.

TERE disse...

Obrigada,Joe...para já está lá desde ontem e dia 31 começará o trabalho de que levou contrato por nove meses.

Sobre o "africanismo" pelo qual possa ser tomado ou não , o futuro o dirá.