segunda-feira, 9 de novembro de 2009

António Lobo Antunes - (Sátira aos HOMENS)

"Pachos na testa, terço na mão,
Uma botija, chá de limão,
Zaragatoas, vinho com mel,
Três aspirinas, creme na pele
Grito de medo, chamo a mulher.
Ai Lurdes que vou morrer.
Mede-me a febre, olha-me a goela,
Cala os miúdos, fecha a janela,
Não quero canja, nem a salada,
Ai Lurdes, Lurdes, não vales nada.
Se tu sonhasses como me sinto,
Já vejo a morte nunca te minto,
Já vejo o inferno, chamas, diabos,
Anjos estranhos, cornos e rabos,
Vejo demónios nas suas danças
Tigres sem listras, bodes sem tranças
Choros de coruja, risos de grilo
Ai Lurdes, Lurdes fica comigo
Não é o pingo de uma torneira,
Põe-me a Santinha à cabeceira,
Compõe-me a colcha,
Fala ao prior,
Pousa o Jesus no cobertor.
Chama o Doutor, passa a chamada,
Ai Lurdes, Lurdes nem dás por nada.
Faz-me tisana e pão de ló,
Não te levantes que fico só,
Aqui sózinho a apodrecer,
Ai Lurdes, Lurdes que vou morrer."

4 comentários:

BrancaLisboa disse...

Terezinha,
Não conhecia esta sátira, está o máximo!
Eles são assim mesmo....não aguentam nem uma gripezinha... tadinhos ficam logo a morrer....rsrsrs
Gosto de te ver a postar estas coisas que nos divertem.
Bj e abraços.

Gracilene Pinto disse...

hahahaha
é verdade! Dizem que mulher em tudo se mete. Mas, homem por qualquer doencinha, qualquer dorzinha, chora de mêdo, e não sobrevive sem uma mulher a cabeceira. eheheh
Eita bichinhos moles!!!
hahahaha
Beijos

JOE ANT disse...

Divertem-se, hein !!!
Não acham que essa situação é...
mais uma prova de amor ...
para com vocês.
****
Vamos lá a não desconsiderar cá os "homens"
***
E... esse meu "priminho" vai ouvi-las.

TERE disse...

Ahahahahahahahh..mera diversão e por minha parte nenhuma falta de consideração com os homens em geral, tenho dois em casa que não são nada queixinhas...Entenda-se com esse seu "priminho"Antunes que deve saber pq assim escreveu...se tivesse sido uma mulher a fazê-lo seria mais suspeito mas uns sem outros e outros sem uns a vida não tem jeito, mesmo que haja muito queixume.