domingo, 9 de janeiro de 2011

Sol de Janeiro, hoje...foto do passadiço onde o mar costumo observar ou nele caminhar!

Foi dia de sol, por aqui, depois de  uma semana, em que o vento e a chuva ameaçavam a toda a hora, mais ainda pela noite fora...
  Mas Janeiro!...dia curto, em que depressa o frio da tarde de domingo, impediu de ir respirar o ar marítimo já que o tempo parece correr mais veloz que algumas ventanias.Apesar de já ter melhorado um pouco, voltei a ficar sem ir ao mar dizer:  - OLÁ!!!
                                                                 Mas fotos dele(Da área envolvente), por aqui há de outros dias do ano que acabou, há poucos dias e este ano ainda não consegui ir visitá-lo e sua brisa sentir...gaivotas observar...uns e outros fotografar!

10 comentários:

Lídia Borges disse...

Pelo menos o sol fez a sua reaparição. Já não é mau!
O mar sabe esperar...

Um beijo

TERE disse...

E a amizade ajuda sempre.

Obrigada Lídia pelas suas visitas.

Seja muito feliz...que eu já nem sei onde se apanha a carruagem.

Beijos.

João Paulo disse...

Olá Teresa
Vim dar uma espreitadela ao teu blogue e, gostei!!!.. e nota...

O Sol vai descendo para lá do mar,
Num crepúsculo de fogo abrasador!!..
Ele se esconde na certeza de voltar,
Na aurora, com mais esplendor!!...
(JAFins, 10/Jan/2011)

Andradarte disse...

Faz falta ver o mar...é o hábito..
Eu vou quase todos os dias ver o mar
mesmo sem sair do carro.....só olhar
por momentos, até recarregar....PAZ.
Beijo

JOE ANT disse...

Num passadiço:
"Tudo passa, tudo passará (como dizia a cantiga)".
Talvez um dia passe, nos seus passos,
os passados por passar.
Aí alguém, até ficará "a-ver-o-mar"
(i.e., ou estrelas)

Mai disse...

Adorei a fotografia, Mité.
Um feliz tudo pra ti, amiga.

beijos

TERE disse...

A mim tb faz Andradarte e lá ia sozinha..estou em fase que tal não me apetece e fico no cantinho da solidão.

Abraço e bom ano para si e sua arte que adoro.

TERE disse...

A mim tb faz Andradarte e lá ia sozinha..estou em fase que tal não me apetece e fico no cantinho da solidão.

Abraço e bom ano para si e sua arte que adoro.

TERE disse...

JP...gostei da poesia ao sol...das palavras de esperança...que provocaram emoção.

Bjs e aparece sempre que possas

TERE disse...

Talvez Joe ..talvez...Talvez um dia volte a sentir a magia da brisa.

ABraço.